Entre Facas e Segredos

Elenco: Christopher Plummer, Jaime Lee Curtis, Ana de Armas, Chris Evans, Daniel Craig, Katherine Langford, Michael Shannon

Diretor: Rian Johnson

___________________

Quando falamos em livros de suspense, o primeiro nome que vem à nossa mente é justamente o de Agatha Christie. Com personagens carismáticos e reviravoltas surpreendentes, a escritora cativou uma legião de fãs ao redor do mundo. Em seu novo filme, o diretor Rian Johnson presta uma nítida homenagem ao conjunto da obra de Agatha, como também subverte os clichês presentes nos filmes com tal temática.

Reprodução: Lionsgate

A história começa com o assassinato de Harlan Thrombey (Christopher Plummer) famoso autor aos 85 anos, em sua própria mansão, no dia de seu aniversário. Após uma semana, o detetive renomado Benoit Blanc (Daniel Craig) é contratado e, em conjunto com a polícia, passa a investigar e interrogar todos os familiares e funcionários da casa presentes no dia do assassinato. Não demora muito para Benoit perceber que, dentre os membros da família, todos possuem uma certa motivação para terem tido participação no crime, seja por desavenças, seja por interesses nos espólios deixados pelo autor, após uma breve introdução nos muitos personagens presentes no filme.

É fácil presumir que o caminho a se seguir dali em diante seria o da revelação de quem cometeu o crime ao final de sua exibição. No entanto, é nesse ponto que Rian Johnson mais uma vez pega seus espectadores de surpresa, revelando em seu segundo ato todo o acontecimento da morte de Christopher, pelos olhos de Marta Cabrera (Ana de Armas), sua enfermeira e cuidadora. Com isso, acontece o desenrolar de uma dinâmica focada em dois pontos: os personagens que sabem o que ocorreu, mas que tentam de uma forma ou de outra esconder os acontecimentos da fatídica noite para seu próprio interesse, e os personagens que de fato nada sabem.

Reprodução: Lionsgate

Daí em diante, tudo que acontece é levado com maestria pela direção competente, um roteiro inteligente e que faz o espectador ficar atento até o último segundo, e atuações primorosas de todo o elenco, que lidam com o desenrolar das situações com um humor ácido em alguns momentos, alternando com o “pastelão”, sem, no entanto, perder sua essência.

A ambientação é arranjada de forma cuidadosa para que possamos acompanhar a história de forma imersiva, principalmente no ponto da mansão em questão, em que podemos ver cada objeto, cada detalhe colocado de forma a nos ajudar a entender o mundo ali inserido.

Reprodução: Lionsgate

Entre Facas e Segredos não desaponta em nenhum momento o espectador que o assiste. É um desses filmes que tem um enorme carisma pelo elenco e pelo esmero da direção com os mínimos detalhes. Vão ao cinema, de preferência, sem saber de nenhum detalhe da história. A surpresa é garantida.

______________________________


5/5 – Excelente!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *