Frozen 2

Elenco: Idina Menzel, Kristen Bell, Jonathan Groff

Diretor: Chris Buck, Jennifer Lee

___________________

Há aproximadamente 6 anos, chegava aos cinemas de todo o mundo Frozen,
uma história com personalidade e bem redonda com seu enredo, embora alimentasse um certo mistério com relação ao background de alguns de seus personagens, como por exemplo, o passado de Elsa. Após o período de lançamento e tendo sido consolidada como uma das principais animações da Disney, logicamente os fãs ansiavam por mais daquele universo, que foi alimentado com curtas, no entanto nunca uma continuação propriamente dita. Contudo, agora em janeiro de 2020, Frozen 2 chega aos cinemas para provar que o sucesso de seu primeiro filme não foi à toa, nos emocionando mais uma vez.


Reprodução: Disney

Revisitamos Arendelle em um período de paz e de normalidade, porém com Elsa tendo seus conflitos internos sobre seu passado sendo acentuados gradativamente, adicionando camadas de complexidade à personagem que ajuda no pleno entendimento da forma com que a trama irá se desenvolver durante o longa com a busca de entender o seu passado.

Existe uma clara inversão de papéis no relacionamento das irmãs Anna e Elsa, em que a primeira era mais emotiva e a segunda mais racional na história contada no primeiro filme. Entretanto o principal pilar do longa continua sendo seu relacionamento, com o amor e a confiança que uma tem pela outra de forma indiscutível. Já pela ótica dos personagens coadjuvantes, há alguns percalços. Enquanto Olaf ganha uma projeção ainda maior que no primeiro filme funcionando como um ótimo alívio cômico devido ao timing preciso das piadas e também da dublagem de Fábio Porchat, há um certo “desleixo” com a trama de Kristoff, reduzindo-o ao objetivo de pedir Anna em casamento. Isso não muda, todavia, o resultado final, sendo um filme democrático onde todos apresentam e brilham um pouco em cada momento específico.


Reprodução: Disney

Nos aspectos técnicos não faltam elogios. A atmosfera passada para quem assiste é o da magia do mundo Disney em cada detalhe, fato esse que os fãs de longa data do estúdio vão reconhecer a qualidade. Seja na complexidade das texturas de fios de cabelo, peles e pelos de animais até as folhas das árvores da Floresta Encantada, tudo é colocado de forma meticulosa para conquistar crianças e adultos. As músicas, desta vez com um tom melancólico, principalmente pelo drama vivido pela protagonista, cativam bastante e são fortes candidatas a virarem canções cantadas a todo pulmão em festas infantis tal qual foi “Let It Go/ Livre Estou”.


Reprodução: Disney

Frozen 2 não precisava se arriscar em terreno desconhecido para agradar sua enorme base de fãs, principalmente com o sucesso do filme de 2013. É um exemplo de trabalho que sabe mexer nos pontos certos da história para contar os detalhes que queremos saber e abrir portas para novas perguntas e, assim, possíveis novos filmes. Uma boa oportunidade para reunir a família e se emocionar.


______________________________


4/5 – Ótimo!



Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *